07/11/2017

Assassino em série japonês decapitou nove vítimas que encontrou no Twitter


Em um conto assustador, o New York Times reporta que Takahiro Shiraishi, 27, foi detido pela prefeitura de Zama, no Japão, a aproximadamente 50 km de Tóquio, depois da polícia ter encontrado nove cabeças decapitadas em um refrigerador no apartamento do rapaz. Shiraishi supostamente usou o Twitter para encontrar mulheres que expressavam pensamentos suicidas pelo serviço, assassinando e decapitando-as. Shiraishi também admitiu ter sexualmente abusado de algumas das vítimas.

Oito das vítimas de Shiraishi eram mulheres, sendo quatro adolescentes; o único homem era o namorado de uma das vítimas que foi até o apartamento de Shiraishi procurar por ela. Shiraishi não resistiu quando a polícia foi questioná-lo em seu apartamento, supostamente dizendo que “[ela está] no refrigerador” quando perguntaram informações sobre uma das mulheres desaparecidas.

Apesar das investigações terem apenas iniciado, tendências suicidas parece ser a ligação entre as vítimas de Shiraishi. A polícia o encontrou enquanto investigava o desaparecimento de uma mulher de 23 anos. O irmão da vítima reportou o desaparecimento em 24 de outubro. Ela aparece na gravação das câmeras de seguranças de uma estação de trem conversando com Shiraishi na noite anterior. No Twitter, ela escreveu que “procurava por alguém que morreria comigo”. Shiraishi respondeu ao tweet da mulher, dizendo a ela “vamos morrer juntos”.


Shiraishi conta a polícia que matou sua primeira vítima logo após se mudar para o apartamento em Zama, em 22 de agosto. Ele levou três dias para desmembrar o corpo e matou o namorado dela, que foi ao apartamento questionar o desaparecimento da vítima.


Ao todo, 240 peças de ossos, incluindo cabeças e membros, foram encontradas no apartamento do rapaz, segundo o The Guardian. Ele não se desfez dos corpos por medo de ser descoberto. A Polícia acredita que Shiraishi trabalhou sozinho, mas investiga se é possível matar quase uma pessoa por semana sem os vizinhos notarem gritos e sons estranhos — os vizinhos reportam agora que notavam um cheiro ruim nos arredores do apartamento do assassino.

O Japão tem a terceira maior taxa de suicídio em países desenvolvidos. O governo federal monitora fóruns relacionados ao suicídio e também subsidia campanhas de prevenção ao suicídio pelo país.

Fonte: Gizmodo

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave