26/01/2015

Foto em Marte mostra sombra supostamente humanóide


A discussão entre cientistas, teóricos da conspiração e seguidores da ufologia, a respeito de suposta existência de vida em Marte, ganhou um novo ponto de discussão: agora, o alvo é uma imagem recente divulgada pela Nasa do robô Curiosity, que está em Marte para a exploração do planeta e a descoberta da possibilidade de vida no local.

Segundo a teoria da conspiração, a sombra de um 'ser' mexendo no robô pode ser vista “claramente” na imagem e, assim, traria uma prova da existência da vida no planeta vermelho. Os ufólogos ainda defendem que é possível perceber que o 'ser' estaria sem capacete – o que seria fatal para um humano.


Apesar da crença de algumas pessoas na possibilidade da presença de ‘alguém’ próximo ao Curiosity, os cientistas afirmaram se tratar apenas de imaginação excessiva.

Existem também grupos de conspiracionistas que acreditam que a NASA em momento algum enviou uma sonda para o planeta vermelho, e que as imagens liberadas pela agência espacial americana, seriam parte dessa grande farsa. Segundo essa teoria, as imagens que a Nasa tem liberado, teriam sido registradas na própria Terra. Esse grupo de teóricos da conspiração afirmam que a própria chegada do homem a lua foi uma fraude. Segundo a visão desse grupo, a sombra que pode ser vista na polêmica imagem, é na verdade, a sombra de uma das pessoas que trabalha no projeto de manipulação coordenado pela NASA.


Sequência das imagens da NASA
Não é novidade para nenhum leitor do blog Noite Sinistra que eu sou um grande admirador de ufologia e de teorias da conspiração, mas está um tanto complicado de levar a sério algumas das teorias que estão sendo ventiladas ultimamente em relação as imagens liberadas pela Nasa, muito disso em função da pouca lógica entre algumas das teorias. Tempos atrás surgiu um ex militar que afirmava que havia trabalhado em uma colônia humana em Marte (clique AQUI para ler), isso sem contar nas inúmeras rochas fotografadas pela missão da NASA que supostamente mostrariam estátuas (clique AQUI para ler), pedras que se movem, rastros, etc... e que seriam usadas para afirmar que já houve alguma civilização inteligente no planeta vizinho, que essa civilização até poderia ter contribuído para os rumos da civilização humana. Agora aparece um grupo afirmando que a NASA nunca chegou a enviar uma sonda para o planeta vermelho, que que tudo isso não passa de um imenso circo armado sabe-se lá para que.

São teorias demais, com enfoques demasiadamente diversificados.

É inegável que a exploração do planeta Vermelho é um assunto muito interessante, mas ultimamente as tão diversas teorias, muitas delas exageradas, estão dando ao tema ares de comédia pastelão, o que me desagrada um pouco, pois não gostaria de ver um assunto tão "bacana" ser ridicularizado devido aos exageros.

Fonte: Terra

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA




VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

1 Comentários
Comentários
Um comentário:
  1. A raiz desta teoria da conspiração de que a NASA não mandou a "Curiosity" para Marte é pq tem um vídeo que pessoas mostram as mesmas paisagens filmadas na Lua aqui em nosso planeta Terra.
    No caso da Lua até creio de que o homem não tenha ido, pois estou no ano de 2015 e não me mostraram uma prova concreta satisfatória de que realmente o homem foi para lá. E até pq tem Leis da Física que desmente mesmo.
    Agora este aparelho ter ido para Marte já não vejo dificuldades. Não tenho em minha cabeça de que seja uma enganação.
    O que eu tenho na minha cabeça e de que é muito estranho a NASA divulgar tantas fotos com polemicas desse jeito. Estou achando de que a NASA que nossa cabeça em Marte, pois está acontecendo algo aqui que querem desviar nossos olhares.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave