28/09/2012

A verdadeira história de "A Bruxa de Blair"


Olá meus caros Atormentados...Que tal vocês me acompanharem para um passeio no bosque? Divertido não? Mas se o tal bosque, for o bosque de Burkittsville? Garanto que a diversão vai ser dobrada!!! Peguem suas bússolas e venham comigo descobrir a lenda por de trás do filme "A Bruxa de Blair".

No filme, três estudantes de cinema embrenham-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair, e desaparecem misteriosamente. Um ano depois, uma sacola cheia de rolos de filmes e fitas de vídeo foi encontrada na mata. As imagens registradas pelo trio dão algumas pistas sobre seu macabro destino.


O filme foi um imenso sucesso, tanto que os diretores, que haviam gasto na obra algumas dezenas de milhares de dólares, faturaram algumas centenas de milhões de verdinhas, se aposentaram logo em seguida. Ou seja o filme não era verdadeiro, como alguns chegaram a pensar na época, mas foi filmado para ser, tanto que os personagens Heather Donahue, Joshua Leonard e Michael Williams, são os nomes reais dos atores...A pouco tempo pudemos ver Heather, no filme "Cadáveres 2". A história do filme pode não ser real, mas o filme foi baseado em uma lenda, e nós vamos conhecer ela agora...


A história dessa cidade, chamada de Blair, é mais antiga do que se possa imaginar, remontando o ano de 1771 que foi a data de sua fundação, quando ela tinha não mais do que duas ruas e uma dúzia de casas. Durante 14 anos a cidade prosperou normalmente, até que no fim de 1785, uma mulher que vivia no local, Elly Kedward, foi acusada de bruxaria. Algumas crianças disseram que ela as levava para sua casa e tirava sangue dos pequenos.
Mapa da cidade de Blair
No meio do inverno daquele ano, a mulher bruxa foi considerada culpada e foi expulsa do vilarejo, sendo deixada na floresta a sua própria sorte, o que certamente deve ter causado sua morte. Talvez ela tenha morrido congelada, mas dizem que ela se afogou depois de cair na água gelada enquanto andava na floresta a noite.


Um ano se passou até que as coisas começaram a ficar feias na cidade. Durante o rigoroso inverno de 1786, todas as crianças e adultos locais que haviam acusado Elly de bruxa simplesmente desapareceram sem explicação alguma. Todos que sobraram juraram jamais citar o nome da bruxa de novo.

Muitos anos se passaram e um novo século havia surgido. E foi no ano de 1809 que um misterioso livro surgiu, com o nome de "O Culto da Bruxa de Blair". A única edição dele está bastante destruída e mal pode-se ler seu conteúdo, mas pequenas partes ainda legíveis nos revelam que ele conta a história de Elly, a bruxa que foi abandonada na floresta para morrer.

O livro "O culto da Bruxa de Blair"
Leia abaixo alguns trechos do livro:

“A velha horrorosa arrancou a cabeça do menino do corpo e manchou toda a Igreja com o sangue quente dele. Notei que um dente de cão surgia na perna dela… e ela controlava os animais da floresta.”

“Dentro dos buracos da falada parede, encontraram diversos marionetes, feitos com gravetos e pedaços de pano, todos sem cabeça.”

“Despertando em uma noite, ele viu claramente uma mulher entre o berço e as camas ao lado, olhando sobre ele. Ela desapareceu… E ele encontrou todas as portas batendo… Logo viu a mesma mulher, na mesma aparência novamente, e disse: “Em nome de Deus, o que é que você é?” Ela caminhou para longe e no seu lugar havia sangue…”

“Ela foi acusada de bruxaria por diversas crianças na vizinhança, Kedward antes dos magistrados, negou a acusação que está sendo colocada em cima dela…”


Em 1825, logo depois da cidade deixar de se chamar Blair e se tornar Burkittsville, as coisas começaram a ficar realmente assustadoras, pois a morte de uma criança fez com que todos temessem a volta da bruxa, pois no mês de agosto daquele ano, 11 pessoas assistiram uma menina de apenas dez anos morrer afogada no riacho Tappy East. Todos que assistiram o terrível acontecimento dizem que viram claramente uma mão pálida brotar da água e puxar a menina para morte.

O corpo dela jamais foi encontrado, apesar de todos o esforço. E parecia que algo não queria que fosse, pois durante 13 dias após o afogamento, o riacho ficou obstruído por madeiras e gravetos, como se quisessem dificultar as buscas.

Depois disso, a cidade viveu uma época de calmaria. A lenda da Bruxa foi quase esquecida por todos, mas apesar de 60 anos terem passado sem uma grande tragédia, parece que a maldição estava apenas adormecida, pois em 1886 ela voltou com uma força jamais antes vista nesse mundo.

Robin Weaver era um menino de oito anos, morador da cidade de Burkittsville, que um dia no passado havia sido a vila de Blair. Mas apesar do lugar ter mudado de nome, a floresta maldita ainda estava lá, esperando algum desavisado. E para o azar de Robin e sua família, ele acabou se perdendo lá em uma tarde, e quando a noite chegou com toda sua escuridão o garoto não retornou, fazendo todos temerem o pior.

Assim que a notícia do desaparecimento se espalhou pelo local, uma equipe de busca foi montada para tentar resgatar o garoto. Dessa maneira, cinco homens partiram em uma jornada noturna para dentro da floresta da Bruxa, sem temerem nada, pois o que poderia acontecer com eles estando todos juntos?

Mais de um dia se passou, e o grupo de busca não retornou, muito menos o menino sumido. Pensando que talvez os homens estivessem perdidos, talvez por causa da noite ou quem sabe a floresta poderia ter os enganado. Por esse motivo, uma segunda equipe partiu em busca da primeira e ainda acreditando que poderiam achar o pequeno garoto.

Depois de algumas horas de busca, os primeiros homens foram encontrados, mas aquela altura eles eram apenas pedaços, pois todos tinham sido estripados e suas vísceras estavam espalhadas pelo chão, com os rostos deformados e as mãos amarradas. Vendo aquela cena infernal, o segundo grupo partiu de volta para cidade, tentando encontrar ajuda para remover o que havia sobrado dos corpos. Para a surpresa de todos, os mortos simplesmente haviam sumido do lugar onde foram encontrados, e nas folhas restava apenas um pouco de sangue seco.

As buscas foram suspensas, pois não havia ninguém com coragem o bastante para entrar na maldita floresta de novo, pois todos temiam o mesmo fim dos primeiros homens que lá entraram. Por isso, Robin Weaver jamais foi visto nesse mundo novamente e seus pais não tiveram um corpo para enterrar.

Durante muitos anos, poucos ousaram entrar na floresta, temendo por suas vidas e a lenda da Bruxa que permanecia viva na mente de todos. Contudo, em 1925, doze anos depois de ter ido morar na cidade de Burkittsville, Rustin Parr resolveu construir uma casa no meio da mata, em um lugar que ficava a mais de quatro horas de caminhada da cidade.

Rustin Parr
Certamente muitas pessoas pensaram que ele estava louco, mas após cinco anos de muito trabalho, a casa ficou pronta. Durante algum tempo Rustin ainda ficou na cidade, pois trabalhava na loja do seu tio, mas após sua tia morrer a loja foi fechada e seu tio foi morar em outro lugar. Sem mais nada que o prendesse ali, ele foi morar de vez no meio do mato e cada vez menos era visto em Burkittsville. Dizem que chegou a um ponto onde ele aparecia na cidade apenas duas vezes ao ano.

Nesse tempo, os moradores pensavam que talvez tudo que tinha acontecido até hoje não passavam de histórias contadas por seus parentes mais velhos, pois se a Bruxa havia matado cinco homens em uma noite, como apenas um que vagava quase todos os dias pela floresta não era atacado? Isso fez com que a crença na Bruxa fosse diminuindo.

Até 1940, a vida em Burkittsville estava pacata, com Rustin Parr vivendo na floresta e a lenda sendo esquecida. Mas no dia 13 de novembro de 1941, a vida mansa de Burkittsville ficaria agitada e Rustin Parr deixaria de ser o maluco do mato para se tornar suspeito de terríveis crimes.

As jovens vítimas
Naquele fatídico dia, Emily Hollands saiu para rua, o que sempre fazia normalmente para brincar com seus amigos. Porém nessa tarde ela foi chamada por um homem que a observava a tempo. Quando a menina chegou perto, foi pega com força e sua boca tapada pela mão, não podendo emitir nenhum som. Assim, Emily foi pega sem conseguir se quer pedir socorro.

A garota foi carregada até a floresta, onde foi amordaçada, tendo suas mãos e pés amarrados. Durante horas ela foi carregada como um saco se batata nas costas do homem, até que chegaram a uma casa no meio do nada. Por um tempo, Emily ficou jogada no chão choramingando, enquanto seu sequestrador estava em outra parte da casa se arrumando.

Depois de um tempo ele voltou, e um ritual macabro foi iniciado, ritual que tinha como oferenda a pequena garota de apenas 7 anos. A menina teve seu corpo cortado em diversos lugares com uma faca, onde símbolos estranhos eram desenhados e seu crânio foi esmagado com força, gerando um traumatismo craniano. Durante horas ela sofreu aquela tortura, até que seu pequeno corpo perdeu as forças e morreu. Emily estava toda ensanguentada e cortada, quase irreconhecível.

Menos de um mês depois, no início de dezembro, Kyle Brody, um menino que também vivia em Burkittsville, saiu para brincar e não voltou para casa. Ele também foi levado para a maldita casa no meio do mato, mas não foi morto nem oferecido em um ritual. A tortura que ele viria a sofrer seria pior do que qualquer dor física.

Depois de Emily, a primeira a ser morta é Kyle. Outras seis crianças foram sequestradas e assassinadas em rituais macabros. E Brody teve que assistir tudo, vendo as crianças serem mortas por aquele monstro, o coitado do garoto tinha que ficar em um canto da sala onde os assassinatos ocorriam, ele ouvia tudo, inclusive ele conta que Rustin falava com uma mulher enquanto cometia os crimes, chegou até perguntar o garoto se ele também a ouvia, mas ele respondeu que não. Será que Rustin Parr conversava com a lendária Bruxa de Blair enquanto matava as crianças? Ou mesmo fazia aqueles rituais oferecendo os pequenos para ela...

Por sorte, Kyle Brody conseguiu, em um momento de descuido, fugir da casa e chegar até a cidade. Seu testemunho foi a chave para a descoberta do criminoso que estava sequestrando as crianças. Os corpos dos sete mortos foram encontrados embaixo da casa de Rustin, todos em decomposição avançada.


O estranho homem que vivia no meio da floresta amaldiçoada foi a julgamento e recebeu a pena de morte por enforcamento. No dia 22 de novembro de 1941, Rustin Parr foi enforcado.

Todos acharam que tudo estava acabado e que desta vez a maldição da Bruxa havia terminado, porém ainda faltava algo e o único sobrevivente do massacre das crianças tinha um futuro sombrio pela frente.

No ano de 1957, Kyle Brody, o garoto que viu todos os outros serem mortos, foi internado em um hospício depois de ter sido preso varias vezes por vagabundagem. E durante anos ele foi sendo jogado de um manicômio para outro, sempre causando problemas com ataques de raiva e delírios.

Kyle Brody, o único sobrevivente do massacre na floresta, já adulto em 1957.
Em 1961, depois de receber a refeição do dia, Kyle pegou a colher de madeira que recebeu para comer e começou a raspá-la no chão até que ficou afiada. Com a arma pronta, ele a enfiou bem fundo em seu próprio pulso, rasgando sua carne e veias, fazendo o sangue jorrar para todos os lados enquanto a vida ia deixando seu corpo. Assim morreu, sangrando até a morte, o último amaldiçoado de Burkittsville e o trabalho da Bruxa estava completo, pois todos os envolvidos com aqueles ritos satânicos tiveram uma morte macabra.

Os corte feitos por Brody em seu própria pulso
Hoje em dia, algumas pessoas ainda visitam a floresta de Blair, em busca da Bruxa, mas ela jamais se manifestou de novo.Mas como se sabe, ela costuma sumir de tempos em tempos, até sua historia sumir da memória, então ela volta com um golpe ainda maior, matando todos que estiverem envolvidos, sejam homens ou crianças, pois a maldição da Bruxa de Blair jamais se extingue, apenas espera a hora certa para atacar e ser lembrada.


Quando amanhecer, você já será um de nós...


Postagens em Destaque do Noite Sinistra
Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...
O massacre dos Muckers e as assombrações do morro Ferrabraz
As Trombetas do Apocalipse e os estranhos sons pelo mundo
A pedra da CEE, intriga arqueólogos gaúchos
Os campos de concentração no Ceará
Links da Deep Web
Clique nas imagens, para acessar as postagens que você deseja ler...

Links Relacionados:
49 Comentários
Comentários
49 comentários:
  1. Confesso que achei a história "real" bem mais aterrorizante que o filme ...Graco Taylor

    ResponderExcluir
  2. Gosto de histórias assim.

    ResponderExcluir
  3. lol referente ao caso da primeira menina que foi sequestrada como sabem o que aconteceu com ele se ninguem esteve presente a nao ser a propria menina... e se seu corpo estava em decomposição avançada nao teriam naquela epoca como saber que tipo de tratos ele teve ??????


    #issoébaboseira
    #ficaadica

    mas a história é boa e o filme da dor de cabeça de assistir mas é bom..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKK...........É VERDADE, ESTA ESTÓRIA DA MENINA TÁ MAL CONTADA..........PARECE ESTÓRIA DE FICÇÃO..........NÃO TINHA CÂMERA ALGUMA, E O CORPO JÁ ESTAVA APODRECIDO, ENTÃO COMO SABEM DE TUDO QUE ACONTECEU COM A PIRRALHA........KKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. Pode nao ser um fato comprovado, e sim uma possibilidade baseada em outros fatos da mesma história. ;)
      mas ele nao mencionou sobre pq quis simplificar, e chato e cansativo contar uma historia nos seus mínimos detalhes.

      Excluir
    3. O homem deve ter falado para o garoto que sobreviveu '-'

      Excluir
    4. ele confessou os crimes e detalhou os mesmos..

      Excluir
    5. Mas encontraram o corpo dela dps assim poderia se ver :v

      Excluir
    6. acontece que ele contou a história errada, eles sabem o que foi feito com a menina, porque o próprio Rustin Parr confessou tudo, ele não foi capturado, ele se entregou voluntariamente e narrou tudo o que fez a mando da voz que falava com ele e o menino não fugiu, ele permaneceu na casa e foi encontrado pela polícia, o moleque nem conseguia falar depois de tudo o que viu.

      Excluir
  4. kkkkkkkkkkk comcoedo com vc joao so avia a bruxa e a vitima como sabem o q aconteceu la hehehe...

    ResponderExcluir
  5. Evidências no corpo gente!!!!

    Pelas evidências dá pra saber até quanto tempo a pessoa ficou agonizando!! Os corpos estavam bem decompostos ao serem achados, mas não totalmente.

    ResponderExcluir
  6. eu acho qe ngm devia flr nada sobre a lenda, pq na vdd, até onde sabemos é APENAS uma lenda, ngm apresentou nenhuma prova de qe seja real, a não ser o livro.Mas o livro poderia ser escrito por qalqer maniaco fazendo uma historia sobre a lenda da bruxa.. Enfim, são apenas historias para nos deixar com medo e pensando sobre seres misticos. e no caso da menina.. ngm pensou na possibilidade de Rustin ter confessado o assinato, pq ele não tinha nada a perder, estavo morto de qalqer jeito.. Hellen: @affshellen

    ResponderExcluir
  7. só complementando qe real ou não, a historia é realmente fascinante. Hellen

    ResponderExcluir
  8. É simples de saber o que aconteceu com as vitimas depois que o assassino foi preso ele teve que confessar como matou as vitimas e assim recebeu a sentença de morte. Adorei a historia macabra

    ResponderExcluir
  9. Mano achei muito real

    ResponderExcluir
  10. gente eu acredito ...pq??? já presencie coisas estranhas minha mãe fazia trabalhos espirituais,não que isso seja bom mas,pelo menos eu posso falar ,que certas coisas existem sim....já vi uma mulher tomar uma garrafa de pinga pura na minha frente e, depois acorda e nao senti nada nem tontinha ela ficar ...e fodis =/ nunca quis que minha mãe me levasse num lugar desses mas ela levava =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa..,As vezes eu sinto alguem perto de mim quando estou sozinha passando a mão na minha cabeça, Em ksa eu tenho mt medo de ficar só, Escuto barulhos estranhos e tal...

      Ps#Ft

      Excluir
  11. Essa historia er mtu macabra .. Eu adoro eu me amaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma das histórias/lendas que eu mais aprecio no mundo do terror...principalmente por eu ser um grande fã do filme...

      Excluir
  12. Um ótimo conteúdo de leitura, ainda mais de terror

    ResponderExcluir
  13. Acho que as pessoas que não acreditam, e tão pouco aquelas que não entendem do assunto, não deveriam entrar aqui e menosprezar o artigo. Ele relata exatamente o que aconteceu. Não é só uma história. E pela cronologia isso pode acontecer novamente a qualquer momento.

    ResponderExcluir
  14. Cinistro ms n tanto qnto o exorcista.qm ja viu?

    ResponderExcluir
  15. Uma coisa é certa: nenhuma história ou lenda fica tanto tempo ''na boca do povo'' se ela não for verdade... nada acontece a toa, e tbm não sobrevive a tanto tempo se nao for verdade. Histórias bobas e contadas por qualquer um não ficam nem faladas.. ngm nem da ouvidos se as provas ou quem vivenciou aquilo for convincente! Eu acredito que a bruxa de Blair é um fato que realmente aconteceu, mas que virou lenda porque ngm tinha mtas provas concretas.. ainda mais em 1800, onde nao havia avanços de tecnologia, a perícia não era lá essas coisas. Se vc for pesquisar sobre bruxas vc vai ver mtas historias, porque bruxas realmente existiram, e por isso a historia delas esta registrada até hoje.. elas eram queimadas como todos sabem, porque faziam remédios naturais e caseiros.. eram espécies de curandeiras, e eram mulheres velhas, normalmente feias, por isso a lenda das bruxas!! é muito amplo e complexo... se vc for pesquisar é muito bacana se aprofundar sobre essas coisas.. sou viciada. Desculpem-me por me estender demais gentee! abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem colocadas as suas ideias...e pode se estender o quanto quiser Clau...rsrsrs

      Abraços...e obrigado pela participação...

      Excluir
    2. De nada! Ah que ótimo que gostou! Obrigada.. O blog ta muito massa. Conheci ele ontem e agora quero visitar sempre haha. Abraços tbm!

      Excluir
    3. Concordo com quase tudo o que vc disse, Clau. Mas, bruxas não só existiram como ainda existem e são bem diferentes dessas histórias contadas pelo povo. Mas, quem disse que bruxas eram velhas e feias? Disney, né? rs Se fosse seguir seu raciocínio, significaria que uma mulher jovem e bela é completamente "normal", mas ao chegar em uma idade avançada ela se tornava feia e, por estar velha, seria uma bruxa?? kkk Desculpa, mas só rindo mesmo pra aguentar isso.Se vc for pesquisar e se aprofundar sobre essas coisas vai ver que essa imagem que a disney usa para representar uma bruxa nada mais é que uma tentativa da igreja de tornar tais mulheres algo maligno, fazendo uma "lavagem cerebral" nas pessoas e, quem fosse contra essa ideia teria o mesmo destino que essas bruxas. Pesquise sobre a Inquisição e sobre histórias verdadeiras de bruxos e bruxas. Vale a pena.

      Excluir
    4. Concordo plenamente com vc...essa historia d q bruxas são velhas e feias é td invensão da Disney!Por tanto eu axo q a Bruxa de Blair poderia muito bem ser uma bela jovem...apenas axo.

      Excluir
  16. como sabe o que aconteceu com a menina se não tinha ninguem la?? e como ele pegou o menino no incio de dezembro, se ele foi descoberto no dia 13 de novembro e morreu no dia 22?
    tirando isso é uma boa história, fixa muito a atenção ;)

    ResponderExcluir
  17. Pode até ser esta a história verdadeira, mas com certeza foi bastante alterada, pois nos apresenta detalhes impossíveis de serem confirmados. Todas as pessoas que presenciaram essas notícias não estão mais vivas hoje em dia, sejam elas mortas brutalmente ou naturalmente. Como ter certeza de todas as coisas contadas? Por que enfatizar tanto em detalhes que só tornam a história ainda mais cética? Enfim, foi uma boa leitura e acredito que possa mesmo ter alguma verdade nisso tudo, mas temos que filtrar toda a bobagem que o texto nos presenta.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Rustin Parr, serial killer :3 <3 *u*

    ResponderExcluir
  20. Eles fizeram apenas uma suposição do q poderia ter acontecido com a menina!E jah esta totalmente comprovado q a Bruxa de Blair existe..so n acredita quem n que!

    ResponderExcluir
  21. essa história é real, pois a Discovery ja fez alguns documentários com os familiares daqueles que fizeram o filme e jamais foram encontrados

    ResponderExcluir
  22. Isso é simples.... 1° criou-se a lenda ... fizeram a lenda pegar fama.. venderam a lenda e ganharam muito dinheiro,, depois qndo a lenda já esrava sendo esquecida... e perdendo a graça... fizeram o filme.. e ganharam mais dinheiro com a mesma história.. puro.. marketing...

    ResponderExcluir
  23. A estória da Blair, acredita-se ser fictícia, visto que não há registros de que realmente existiu, parece ter sido criada para o filme, em que os diretores/envolvidos inclusive espalharam vários relatos em sites e tudo mais a fim de dar suporte a veracidade do caso, mas o que realmente aconteceu naquela região, ou seja, a parte VERDADEIRA, foi a existência de Rustin Parr, um serial killer que assassinou sete crianças. O relato de Rustin, é que ele viu uma mulher de capuz na floresta algumas vezes, e que não dava para ver o rosto, nem informou qual seria seu nome, ela dizia algo a ele, depois a mulher sumiu e ele passou a ouvir vozes, tipo, coisa de esquizofrênico mesmo, e a voz começou a falar o que ele devia fazer, que era sequestrar as crianças e matá-las, e no caso de Kyle, é que ele tinha que assistir. Depois de matar todas as crianças, Rustin disse que viu a mulher novamente, estava a sua frente, que teria falado para ele que o serviço estava concluído, ele não precisaria fazer mais aquilo, apenas ir a cidade e contar para todos o que havia feito, o Kyle então não fugiu, ele foi solto mas não consegiu sair de perto da casa, estava em choque e ficou parado na varanda, e Rustin foi a cidade dizer o que havia feito. Os moradores/ autoridades do local foram a casa de Rustin e encontraram Kyle aterrorizado, e sete sepulturas abaixo da casa com as crianças. Então ele foi preso e condenado a morte. Muito legal o blog, conheci a alguns dias e estou adorando explorá-lo, não consigo mais sair daqui, minhas histórias/estórias... rsrsrs favoritas estão presentes.

    ResponderExcluir
  24. Estou animado para ver a nova série de Joshua Leonard, parece muito engraçado.

    ResponderExcluir
  25. A historia é real... Porem eles não iam colocar as imagens originais dos jovens apavorados da floresta, por isso regravaram tudo. Mas tanto o desaparecimento, quando a Lenda da Bruxa de Blair são reais e ocorreram nas datas descritas no filme...

    ResponderExcluir
  26. Afinal a história é real ou é mais uma história que o povo conta

    ResponderExcluir
  27. Ja ouviram falar em "confessou e detalhou o crime"

    ResponderExcluir
  28. MANO MUITOOOO LOKO ESSE DOCUMENTARIO E O FILME TAMBEM PRINCIPALMENTE ESSE LANÇADO EM 2016 QUERO VER A CONTINUAÇÃO DESSE FILME.... E ESSE DEDO _I_ NO CU DA BRUXA kkkkkkk

    ResponderExcluir
  29. Gostei Muito
    Gosto Muito de História assim é de Filmes
    Muito Da Hr Essa História Macabra Pode naum Ser real mas é bem interessante...

    ResponderExcluir
  30. Sua história está incorreta em vários pontos, principalmente na história de Rustin Parr, ele não foi capturado, ele se entregou voluntariamente, segundo ele, a mando da própria mulher que falava com ele e o menino Kyle não fugiu, ele foi encontrado na casa pelas autoridades que fizeram as buscas após Rustin Parr de entregar.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave