17/12/2012

Previsões do fim do Mundo

Olá meus amigos Atormentados, o texto de hoje é uma cortesia do nosso, sempre presente, colaborador Silvio, do Blog O Mundo Real, que é um dos principais parceiros aqui do Noite Sinistra, é um dos blogs sempre presentes nos links Sinistros, e um dos parceiros que mais rendem acessos ao Noite Sinistra. Sem contar que o Silvio tem sido um colaborador incrível...As postagens que ele manda pra cá sempre atingem grande quantidade de acessos...Mas vamos ao texto certo? Aproveitem...

Muitos de vocês devem estar perfeitamente familiarizados com as atuais teorias de fim do mundo certo? Afinal muito se falou nos últimos anos sobre calendário Maia, tempestades solares e outros...Alguns de vocês já devem estar cansados dessas profecias, e não é para menos. Abaixo poderemos conferir outras previsões apocalípticas que causaram pânico em outras épocas...Se vocês tiverem a idade desse que voz escreve, ou seja acima dos 20 e tantos anos, certamente vocês vão se recordar de várias outras profecias que não se realizaram, fazendo de nós sobreviventes de várias febres apocalípticas...

A GALINHA PROFETA DE LEEDS - 1806
Existem inúmeros exemplos de pessoas que proclamam o retorno de Jesus Cristo, mas provavelmente nunca existiu um mensageiro mais estranho do que a galinha da cidade inglesa de Leeds, em 1806. As pessoas da cidade contavam que uma galinha começou a botar seus ovos no formato da frase “Christ is coming” (“Cristo está chegando”). Notícias do incrível milagre se espalharam rapidamente, e muitas pessoas se convenceram que o dia do juízo final estava próximo. A história começou a tomar proporções enormes, até que um curioso cidadão da cidade observou a galinha botando os ovos – e descobriu que a cidade inteira tinha caído em uma brincadeira de mau gosto.

A PREVISÃO ADVENTISTA, 23 DE ABRIL DE 1843
O fazendeiro estadunidense William Miller, depois de estudar a Bíblia durante vários anos, concluiu que a data escolhida por Deus para acabar com o mundo poderia ser encontrada em uma interpretação literal dos escritos. Ele explicava para seus seguidores (chamados de Adventistas ou Milleristas) que o mundo acabaria entre 21 de março de 1843 e 21 de março de 1844. Ele pregava e publicava o bastante para conseguiu milhares de seguidores, que chegaram à conclusão que a data definitiva seria 23 de abril de 1834. Muitos seguidores de Miller venderam ou doaram todas suas posses. Quando a data do fim do mundo chegou, e Jesus não retornou o grupo se desintegrou, mas alguns remanescentes formaram a religião Adventista.


O RETORNO DE JESUS EM 1891
Joseph Smith, fundador da religião mórmon, nos Estados Unidos, afirmou a líderes da igreja em 1835 que Deus havia dito a ele que Jesus retornaria em 56 anos, o que não ocorreu, e o mundo continua em seu curso natural.


O COMETA HALLEY, 1910
Em 1881, um astrônomo descobriu que a cauda de cometas têm um gás mortal, chamado de cianogênio. Tão tóxico quanto o cianeto, que é semelhante a ele. A descoberta não recebeu muita atenção, até que alguém notou que a Terra passaria próxima à cauda do cometa Halley em 1910. O respeitado jornal estadunidense “The New York Times” e vários outros questionavam se todas as pessoas do planeta morreriam envenenadas pelo gás tóxico, o que levou a uma onda de pânico nos Estados Unidos. Finalmente, cientistas com a cabeça no lugar explicaram que não havia motivos para temer a passagem do cometa, que ocorreu sem maiores problemas...

O FIM DO MUNDO EM 1982
Em maio de 1980, o fundador da Coalizão Cristã e celebridade televisiva Pat Robertson assustou muitas pessoas quando contrariou ao vivo a passagem Mateus 24:36, que afirma que ninguém sabe o dia ou hora em que o fim chegará. Ele afirmou à platéia do seu programa que ele sabia quando seria o fim do mundo: “Eu garanto a vocês que, até o fim de 1982, haverá um julgamento no mundo”, ele disse.

A SEITA HEAVEN’S GATE
Quando o cometa Hale-Bopp apareceu em 1997, surgiram também rumores que uma nave alienígena está seguindo o cometa. Além disso, as pessoas afirmavam que a nave estava sendo escondida pela Nasa e pela comunidade de astrônomos, o que podia ser facilmente refutado por qualquer pessoa com um telescópio. Apesar da negação da existência de tal nave, os rumores foram divulgados amplamente, e inspiraram a criação de uma seita chamada “Heaven’s Gate” (“Portais do Céu”, em tradução livre), que acreditava que o mundo acabaria logo. Infelizmente, no dia 26 de março de 1997, o mundo acabou para 39 membros do culto, que foram levados a um rancho no meio do deserto e cometeram suicídio por acreditar que suas almas seriam levadas pelos alienígenas.



AS PREVISÕES DE NOSTRADAMUS PARA 1999
A escrita metafórica e obscura de Michel Nostredame, conhecido como Nostradamus, intrigaram estudiosos por mais de 400 anos. Seus escritos, que dependem muito da interpretação, foram traduzidos e reescritos em inúmeras versões. Uma das suas frases mais famosas afirma “No ano 1999, sétimo mês / Do céu virá o grande rei do terror”. Muitos devotos das previsões de Nostradamus ficaram preocupados, já que ele tinha grande fama, e acreditavam que esta era a sua previsão do fim do mundo.


Y2K, JANEIRO DE 2000
A virada do milênio deu origem a mais uma previsão para o fim do mundo: O problema, notado na década de 70, seria que muitos computadores não conseguiriam ver a diferença entre o ano 2000 e o ano de 1900. Ninguém tinha certeza do que isso significaria, mas muitos sugeriam que problemas catastróficos poderiam ocorrer, desde blecautes enormes a um holocausto nuclear. A venda de armas cresceu muito e várias pessoas prepararam bunkers para viver após a catástrofe. Mesmo com todos os problemas previstos, o ano novo começou normalmente, com alguns pequenos problemas em computadores isolados.

5 DE MAIO DE 2000
Para o caso do Y2K não acabar com a humanidade, uma outra catástrofe global foi prevista por Richard Noone, autor do livro “5/5/2000 Ice: The Ultimate Disaster” (“Gelo: o desastre final”, em tradução livre, sem edição brasileira). Segundo o autor, o gelo da Antártica teria quase 5 quilômetros de espessura no dia 5 de maio de 2000, quando os planetas se alinhariam no céu, resultando em uma morte gelada para toda a humanidade. O final dessa história foram milhares de exemplares do livro vendidos, mas sem mortes em massa devido ao gelo derretido, quem sabe o aquecimento global impediu o desastre!


O FIM DO MUNDO EM 2008
De acordo com o pastor da Igreja de Deus Ronald Weinland, autor do livro “2008: God’s Final Witness” (“2008: a última testemunha de Deus”, em tradução livre), centenas de milhares de pessoas morreriam a partir de 2006, quando o livro foi lançado. Ao fim daquele ano, o pastor afirmava que haveria no máximo dois anos antes do momento em que o mundo entrasse no pior período de toda a existência humana. Até o segundo semestre daquele ano, os Estados Unidos teriam sofrido um colapso, e não existiriam mais como um país independente. De acordo com o que está escrito no livro, Weinland “coloca a sua reputação em jogo no seu papel de profeta de Deus”. Adeus, reputação!


Podemos citar ainda o dia 11/11/11, que também gerou um certo falatório. Essa assim como a suposta profecia dos Maias foram encenadas em produções cinematográficas, que acabam por divulgar ainda mais o mito...
4 Comentários
Comentários
4 comentários:
  1. já acabaram tantas vezes cm o mundo ke fica difìcel levar a sério...

    ResponderExcluir
  2. Só uma correção, não existe religião Mórmon. Eu já fui dessa igreja e lá eles explicaram esse engano. Pesquise mais sobre depois, o nome da igreja é A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Mórmon foi um seguidor da igreja, isso falando resumidamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante isso que vc escreveu, mas se eu colocar no texto "A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias" ninguém vai saber certo que igreja é essa...agora apenas mencionar a palavra Mórmon, todo mundo sabe de quem estou falando...

      Excluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave